EURATÓRIA

Início » 2019 » Julho

Monthly Archives: Julho 2019

Europa …)

eurhope__zurum.jpgeuropean_dis_integration__alexander_dubovsky.jpgeuropean_vision__tasos_anastasiou.jpgthe_crumbling_temple_of_europe__tjeerd_royaards.jpgthe_gap__halit_kurtulmus_aytoslu.jpgeuropean_exports__rainer_ehrt.jpgautumn_in_europe__vladimir_kazanevsky.jpgchicken_run__spiros_derveniotis.jpgchoose_your_future__trayko_popov.jpgcastle_europe__emanuele_del_rosso.jpgcommunity_of_values__agim_sulaj.jpgeu_it_grows_on_us__maarten_wolterink.jpg

BREXIT ESPECIAL  No Reino Unido, por estes dias, não se fala de mais nada: Brexit, Backstop, Farage, No-deal, Deal (mas qual?), adiamento do Brexit, novo referendo, Boris e o Brexit, Johnson e o Brexit, lies e mais lies.  Permitam-me que deixe bem clara a minha posição, que aliás é pública e antiga, vem do tempo em que um tal David Cameron resolveu tirar da cartola a ideia peregrina de levar a cabo um referendo para controlar os rebeldes da sua bancada parlamentar; ele julgava que ganhava facilmente, perdeu. E com ele perdemos todos, britânicos e europeus.  Sou contra o Brexit, estrutural e profundamente: é uma ideia disparatada, ninguém ganha nada com a saída do Reino Unido, muito menos os britânicos. Falam-me em democracia, mas em democracia o uso do referendo deve ser feito com parcimónia, evitando-se decisões de sim ou não em matérias muito complexas (veja-se, a mero título de exemplo o caso do “backstop”).  Claro que se os britânicos decidirem sair, ninguém os pode, ninguém os deve impedir; mas ninguém me pode a mim impedir de escrever, de dizer, de explicar que o Brexit é um erro e que não beneficia ninguém, que os britânicos são parceiros valiosos e desejados, que a luta por uma Europa unida e solidária é uma parte importante da defesa da herança e da alma europeia, liberal, ocidental; e nem sequer me podem impedir de desejar que ainda possa reverter-se a decisão.  Inauguro então esta rúbrica, em simultâneo na página FB Paulo Sande – Europa. Por hoje, como aperitivo, estou com veia festiva -, proponho visitar algumas das melhores metáforas sobre o Brexit. Publicado pelo Indy100 (www.indy100.com), vale a pena como consolação e refrigério. E valha-nos isso, claro. 1. O autocarro (ver imagem), a caminho de uma manifestação do Ukip. Perdido em Londres, seguiu por uma estrada sem saída. Mas como se lê no artigo, os autocarros podem voltar para trás. E os países? 2. Tweet publicado em 2017 por um jornalista financeiro (David Osler): “Vou cancelar o Netflix e negociar com cada produtor de filmes para conseguir o melhor acordo possível para a minha família”. Pois é… 3. Também em 2017, o deputado conservador Daniel Hannn tweetou: “Deixar a UE é um pouco como mudar para uma casa melhor. A mudança pode incluir momentos de stress, mas vale a pena”. A autora de Harry Potter, J.K. Rowling, respondeu: “Comprámo-la sem a vermos, não sabemos quanto vai custar e os decoradores nunca fizeram nada igual antes. O que é que pode correr mal?”. Pois é (outra vez)… 4. E há o vídeo Titanic/Brexit, que vale a pena voltar a ver no youtube: https://youtu.be/svwslRDTyzU?t=7 (copie e active, ou vá ao youtube e procure Titanic Brexit). 5. E que tal esta caneca? (imagem…). Há mais no artigo do Indy100, o melhor é ir lá ver. Até ao próximo Brexit Especial

Bussem nomeDsAYs-3WkAEG0bv